Modelos Holland Design

O verão já chegou e com ele as férias e como é já habitual por aqui, é tempo de ir de férias, que o blog também precisa delas!

A Silly Season é mesmo assim e ao longo destes anos todos de blog descobri que não gosto dos meses de verão no blog. Em primeiro lugar porque o tempo está bom e não há desculpa para ficar em casa, em segundo lugar porque tu também não estás aí desse lado! Eu sinto menos pressão para produzir conteudos e não fico com a sensação de estar a excluir quem está de férias!

O verão é mesmo assim, viver ao máximo e aproveitar. O outono em breve estará de volta e nessa altura temos todo o tempo para retomar este espaço! Poder ser até que aconteça alguma coisa digna de reporte e, nesse caso, cá nos encontraremos. Doutra forma vamos mas é aproveitar estes meses de sol e praia.

Mas não quero fechar a temporada sem ter tudo em ordem e tenho um trabalho para te mostar que tenho vindo a adiar desde o inicio do ano. É que isto de ter um blog que assenta nas fotografias obriga a ter fotografias razoáveis, e neste caso não tenho.

O que te quero mostrar são duas camisolas em crochet que fiz para as miúdas. Na verdade fiz 3 mas, lá está, falharam as fotografias. Não só não houve tempo como não houve disponibilidade dos modelos fotográficos!

Os modelos de crochet são da Holland Designs, escritos em inglês americano, muito simples de fazer, embora seja necessário converter os pontos porque a terminologia deles é diferente da nossa.

O que eu gostos nestes modelos é que os pontos são muito diferentes do que normalmente vemos e as peças ficam a parecer tricotadas em vez de crochetadas, mas estes pontos são apenas variações dos pontos básicos e são mesmo simples e rápidos de fazer. Para mim, infinitas vezes mais rápidos do que em tricot.

Usei o modelo Peasant Top para fazer uma camisola para a Teresa e para a Mafalda.

crochet girl sweater

Mas acabei por alongar as mangas. As instruções não referem as mangas mas não vais ter qualquer dificuldade em acrescentar os pontos para as fazer. Na hora de fazer mangas fico sempre um bocadinho na dúvida. Por um lado porque gosto muito de mangas a 3/4 e por outro porque detesto mangas muito compridas em crianças, só atrapalham e acabam numa sujeira desgraçada.

Na camisola da Teresa deixei-as ficar a 3/4 mas acabei por achar que ficou um bocadinho com o ar de ser uma camisola um número abaixo do dela! E fiz a camisola às riscas porque não tinha lã de uma cor só que chegasse para fazer a camisola toda. Há alturas na vida em que temos de gastar as quantidades loucas de materiais que temos! E a ideia foi mesmo aproveitar o que já tinha em casa, e resistir à tentação de comprar mais lã!

Já na camisola da Mafalda (sem foto) optei por usar uma só cor que foi o preto e fiz as mangas compridas. Também na camisola da Mafalda optei por rematar a fita do pescoço com duas flores grandes em crochet para lhe acrescentar um pouco mais de graça. A escolha da lã em preto foi só porque tinha quase um quilo de lã preta nas minhas prateleiras e achei que ela já tinha tamanho para gastar parte dela!

Já para a Sofia optei por um casaco mas cometi o erro básico que foi escolher o tamanho de forma optimista. Ou seja quando comecei a fazer o casaco a Sofia tinha acabado de fazer 1 ano por isso eu escolhi o tamanho 18 meses. É claro que pela altura em que o acabei ela já quase que tinha tamanho para usar o de 2 anos. O que significa que o usou poucas vezes até porque depois o frio chegou em força e este casaco já não serve para o frio do Montejunto.

O modelo é o SHAWL COLLARED CARDIGAN e é sem dúvida um modelo a repetir.

girl crochet sweater

O modelo pede as mangas curtas e eu, para acabar a lã roxa, alonguei-a um pouco mais mas já não chegou a manga comprida! Também é muito fácil de fazer e olhando para o modelo parece bem mais complicado do que na verdade é.

Melhor feito que perfeito e as minhas filhas ainda estão na fase de se sentirem mimadas com estas coisas, por isso para mim é sempre uma enorme recompensa vê-las contentes a usar as coisas que lhes faço.

Dá uma espreitada a estes modelos. O bom é que também tem coisas para meninos, para as mães de meninos não terem desculpa.

Vá, aventura-te! O verão está a chegar e está mesmo a pedir um projeto a uma agulha! E se precisares de orientação ou umas dicas, eu estou por aqui.