Meat Free Monday #4

Desta vez experimentamos “Ratatouille”, que é uma forma bonita de dizer um estufadinho de legumes! Acompanhado de arroz branco e com um ovo escalfado. Perfeito para dias de inverno: é quente e aconchega bem.

A receita é fácil de fazer, os legumes podem ser a gosto, e no que respeita ao tempo que demora, satisfaz o critério de não ser demasiado demorado e de não precisar de demasiada atenção, embora não saia do tacho em 15 minutos.

Esta receita faz uma boa quantidade de Ratatouille, o que te permite fazer duas refeições distintas. Podes usar o que sobrar como acompanhamento de outro prato ou comê-lo a acompanhar uma polenta, é delicioso!

Ratatouille com ovo escalfado

Ratatouille com ovo escalfado

Ingredients

  • - 2 cebolas médias picadas
  • - 2 dentes de alho picado
  • - 1 folha de louro
  • - 1 lata pequena de tomate pelado
  • - 3 colheres de sopa de polpa de tomate
  • - 2 batatas doces
  • - 1 beringela
  • - 1 lata grande de feijão (eu usei feijão encarnado)
  • - 1 lata de cogumelos (podem ser frescos)
  • - 2 chávenas de feijão redondo congelado
  • - 2 cenouras grandes
  • - 3 colheres de sopa de azeite
  • - 1 ovo para cada pessoa
  • - sal, pimenta e oregãos a gosto

Instructions

  1. Refogar as cebolas e o alho no azeite com a folha de louro, 5 a 7 minutos.
  2. Juntar as cenouras e as batatas cortadas em cubos e deixar suar 3 minutos.
  3. Juntar o tomate pelado partido em cubos e a polpa de tomate e deixar ferver 2 minutos.
  4. Juntar os feijões verdes congelados e a beringela e adicionar água até cobrir os legumes. Temperar com sal e pimenta.
  5. Quando as batatas estiverem quase cozidas juntar os cogumelos e os feijões.
  6. Temperar a gosto com oregãos.
  7. Escalfar os ovos no caldo (ou em água) e servir com arroz.
http://meiasmarias.com/pt/receitas/meat-free-monday-4/

Eu escalfei os ovos num tacho à parte, porque como ia sobrar preferi ficar com o caldo “livre” de restos de ovo. Mas podes perfeitamente escalfar os ovos directamente no tacho do ratatouille.

Eu gostei imenso. É uma espécie de comida de conforto: aquece e aconchega, sem ser pesada – 1 voto a favor

As miúdas maiores gostaram imenso dos ovos e da batata doce estufada. Os feijões verdes nem tanto mas não o suficiente para rejeitarem o prato por completo. Comeram bastante bem – 2 votos a favor

Para o pai da casa o ovo e os feijões fizeram-no esquecer que não havia nem carne nem peixe – 1 voto a favor

Já a Sofia… apesar do arroz a coisa custou a descer, mas mais por birra do que por outra coisa. Foi um dia em que ela veio muito cansada da escola e estava mais birrenta que o normal. Por isso pôs defeitos no ovo, nas cenouras, nos feijões, nos cogumelos… é 1 voto contra.

* *

Mas em termos globais é para repetir.

Tagged , . Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *