Dia da Espiga

DSCN2093_1

Não costuma falhar. Quinta feira de espiga foi ontem e neste dia, depois das aulas vamos apanhar flores para o nosso ramo de espigas. Manda a tradição que sejam flores do campo símbolo da simplicidade, da alegria e da fecundidade e, claro, espigas que simbolizam os pertences. Manda a tradição que se guarde o ramo pendurado na chaminé, de um ano para o outro, para que nada falte em casa. Como não temos chaminé os nossos ficam à janela.

Foi assim toda a minha infância e faço questão que seja assim na infância delas, não por superstição mas para manter viva uma tradição, para termos uma boa desculpa para andarmos pelos campos a apanhar flores e para virmos para casa fazer raminhos. Ainda tenho guardados raminhos de outros anos e alguns deles vieram da casa antiga para esta, um dia terei de me desfazer deles, mas por agora ainda vou achando graça ao contraste das flores secas com as novas e ao ramo que cresce na minha janela.

DSCN2096_1

Tagged . Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *