Carnaval 2017

Este foi o 3º ano que celebrámos o Carnaval com as tradições desta “nossa” vila. Incrível como o tempo passa! Parece-me que que foi ainda ontem que tomámos a decisão de fazer as malas e partir à aventura, e afinal já passaram 3 anos.

Aos poucos elas vão-se fazendo daqui, e é bom ser-se pertença de alguma coisa. Aqui e por agora há este espírito de comunidade e elas envolvem-se com muita garra e ficam ansiosas pelas coisas e vivem tudo isto com muita intensidade. E é isto que me faz ter a certeza que tomei a decisão certa há 4 anos atrás, porque foi também isto que eu procurei para lhes dar.

Já me habituei a ter de tirar férias para acompanhar todas as festividades, que convém não esquecer que são vezes 3, mas se me é permitido dizer o meu dia preferido é a quarta feira de cinzas. Quando tudo isto acaba porque continua a ser Carnaval a mais para mim. Talvez uma dia me apeteça mais.

E comove-me tanto o empenho desta comunidade escolar. O trabalho que têm, a organização do evento e a forma como não perdem de vista o sentido de comunidade, de o fazerem para pais, avós, tios, primos e para quem mais quiser ver, mas também para os alunos, e sobretudo para eles, para que se divirtam, para que tenham um dia diferente e especial, para que possam, todos eles, serem as crianças que não queremos nunca que cresçam demais. E brincar (sabendo brincar) é tão importante.

Por cá o Carnaval (na escola) tem dois desfiles: um desfile livre com uma máscara à escolha e um desfile organizado pelo agrupamento de escolas, com um tema a que todas as escolas têm de obedecer. Cada escola escolhe depois, dentro desse tema, a máscara que vai usar. Na escola das crescidas o desfile livre é à quinta feira. Na sexta feira desfilam todos no desfile organizado, e na segunda feira é o dia do desfile livre na escola na Sofia. Elas adoram a confusão!

As máscaras são quase sempre escolhidas por elas e este ano não tive de fazer nem um ponto (que alívio!).

Para o desfile livre a Mafalda queria ir mascarada de Bela (Bela e o Monstro) com um vestido monumental, sapatos de salto e cabeleira a condizer. Mas como o desfile livre era depois de um dia de escola e era suposto irem mascarados logo de casa, eu achei que ela não ia aguentar o vestido no corpo o dia todo. Encontrei uma máscara de Cruella Devill quando estava à procura das máscaras das pequenas e achei que era a cara dela. Ela adorou e ficou um espectáculo! O desfile organizado tinha o tema das personagens das animações e a escola dela decidiu vesti-los a todos de irmãos Metralha e os professores foram de policias.

* *

A Teresa decidiu-se logo por uma máscara da Everest da Patrulha Pata e como já é uma crescida e anda na escola com a Mafalda, foi também vestida de irmão Metralha no desfile organizado.

* *

Já a escola da Sofia surpreendeu! As personagens que escolheram foram os Flinstones e as meninas foram vestidas de Wilma e Betty e os meninos  Fred e Barney. Havia um carro igual ao do Fred onde puseram os bebés da escola também trajados a rigor! O desfile livre da Sofia foi na segunda feira e princesa como ela é, quis ir vestida de Branca de Neve!

* *

As manas mais velhas também foram ao desfile da Sofia e aproveitaram para desfilar outras máscaras: a tal Bela com o seu portentoso vestido e a princesa Elsa!

* *

 E depois de tanto Carnaval sinto que posso finalmente recostar-me e descansar. Parece-me que é aqui que a minha corrida louca de Setembro acaba. Ou talvez não 🙂

E o teu Carnaval, é de folia ou de tortura?

Tagged . Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *