Máquina de Tricotar

máquina de tricotar 1

Já a tenho à 5 anos. Comprei-a numa das alturas em que todas as minhas estrelas se alinharam e num feliz acaso, surgido quase do nada, encontrei alguém que me quis vender exactamente o que eu queria comprar: uma máquina de tricotar!

Na altura a Mafalda ainda não tinha um ano e eu estava na minha ascenção de aprendizagem e na minha fúria de querer fazer de tudo um pouco. Estava sedenta de aprender tudo o que pudesse criar com a minha mente e executar com as minhas mãos, e cheia de determinação de experimentar coisas novas.

Foi um bocado como comprar um carro sem saber conduzir, e na verdade continua a ser assim. Mas em relação ao tricot, verdade seja dita, sempre foi das coisas que menos gozo me deu fazer, por me parecer que demora sempre tanto tempo e exige sempre tanta atenção! Por isso encalhei na ideia da máquina, achei que seria mais divertido e sobretudo mais rápido.

Até porque umas das minhas recordações de infância é precisamente ver uma prima da minha mãe a tricotar numa máquina, com uma rapidez incrível. Mas nesse tempo a Singer ainda era a Singer e quando se comprava uma máquina comprava-se também as aulas para aprender a usá-la. É pena mas esses dias acabaram.

E foi assim que hà 5 anos atrás tentei por a máquina a trabalhar, e mesmo lendo e relendo as instruções, e fazendo passo por passo cada instrução, nunca consegui mais do que uma grande emaranhado de lã nas agulhas. Claro que ter uma criança tão pequena não facilitou em nada a minha dedicação à resolução destes problemas. E nessa altura não havia informação quase nenhuma na internet que me ajudasse a trabalhar com a máquina. Estavamos em 2008 e é fantástico o quanto as coisas mudaram. Hoje hà centenas de videos no youtube!

Moral da história: a máquina acabou arrumada dentro das caixas e posta de parte até um futuro com horas mais cheias de tempo.

Mas depois aconteceu ISTO e fiquei cheia de vontade de voltar a montá-la! E tive uma sorte porque a Filipa é uma querida e disponibilizou-se para me ajudar a perceber a mecânica da coisa e dar-me umas dicas para começar.

E o vida tem mesmo destas coisas, o que eu não conseguia fazer e que me impedia de começar os trabalhos, a Filipa ensinou-me com um atalho e com uns vídeos no youtube passou a ser tão fácil e rápido como comer uma bolacha!

O que quer dizer que por esta altura já sei acelerar e travar o meu “carro” mas ainda me falta tanto, mas tanto para aprender! Até porque a máquina tem imensos suplementos e acessórios para trabalhos especiais que fazem coisas lindas!

Agora que a minha máquina de tricotar está finalmente operacional não se admirem se no Natal vos calhar de prenda um cachecol!

máquina de tricotar 2

Tagged , . Bookmark the permalink.

0 Responses to Máquina de Tricotar

  1. Nina Pereira says:

    Olá! Sou a Nina e cheguei aqui pela mão da Filipa.
    Também eu queria ardentemente uma máquina de tricotar. Em segunda mão encontrei uma sem instruções. Intimidei-me e recusei. Quem sabe agora não mudo…

    • Mariana says:

      Nina, talvez encontre as instruções em inglês na internet. Ou se não encontrar existem mesmo muito vídeos no youtube que com alguma persistência podem ajudar a entender o mecanismo das máquinas. Se não for um grande investimento em termos económicos e se há mesmo vontade de trabalhar numa máquina de tricotar, as instruções podem não ser fundamentais. Até porque são um nadinha confusas.

  2. Filipa says:

    Ai que maravilha! As agulhas a brilhar e já a tricotar a cores e tudo! 🙂 beijinhos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *